Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2013

É 25 de Julho! e quem está #naruasaoleo?

Imagem
Amanhecemos nesse dia ensolarado em São Leopoldo lembrando que há 189 anos atrás chegaram aqui os/as primeiros/as imigrantes alemães. Em algum canto do jornal também deve haver algo falando sobre a ocupação e expulsão violenta de manifestantes do saguão da Prefeitura Municipal. Sobre a prisão de moradores de rua na São Leopoldo Fest provavelmente não haja nada (fora demais da memória possível de um certo tipo de história). É um típico 25 de Julho em São Leopoldo! É próprio da memória seletiva das elites determinar as origens, inventar as narrativas, criar símbolos e estruturas que garantam a sua identidade construída à custa de quem não teve o privilégio histórico de sair vitorioso. Sim, não foram os/as imigrantes alemães que descobriram e fundaram a cidade. Ela já existia e havia gente por aqui antes do tal 25 de julho – uma longa história “esquecida”. Não, eles/elas não eram turistas curiosos/as com as paisagens tropicais (nem tão tropicais assim por aqui) ou desbravadores/as e missi…

Há tempo de estar calado e tempo de falar (Ec 3.7b) – Os tempos do Movimento #naruasaoleo

Imagem
Na última quinta-feira (18/07/13), o Movimento #naruasaoleo organizou um ato chamado de Missa de Sétimo Dia da Democracia, lembrando da violência moral e física perpetrada pelas autoridades de São Leopoldo contra os/as manifestantes que pedem três audiências públicas: uma sobre saúde, uma sobre transporte coletivo e uma sobre a reforma administrativa (esse último tema discutido e aprovado na dita sessão e entrementes anulada pela justiça). Os/as manifestantes simularam um cortejo fúnebre, vestidos/as de preto, com as bocas cobertas por fitas de esparadrapo, com flores e cartazes ao som da marcha fúnebre. A reação foi imediata: homens sem identificação chamavam o ato de palhaçada, ameaçavam verbalmente os/as manifestantes e mesmo entre vereadores/as e outras pessoas presentes na sessão sentia-se o desconforto diante do silêncio dos/as manifestantes. A fala, agora estava do outro lado: pessoas contrárias ao movimento gritavam, xingavam, aplaudiam e mesmo vereadores/as usaram o espaço par…

Ressuscitará no terceiro dia – uma mensagem no dia da Missa de Sétimo Dia proposta pelo Movimento #naruasaoleo

Imagem
Está escrito:
E no dia seguinte, que é o dia depois da Preparação, reuniram-se os príncipes dos sacerdotes e os fariseus em casa de Pilatos,
Dizendo: Senhor, lembramo-nos de que aquele enganador, vivendo ainda, disse: Depois de três dias ressuscitarei.
Manda, pois, que o sepulcro seja guardado com segurança até ao terceiro dia, não se dê o caso que os seus discípulos vão de noite, e o furtem, e digam ao povo: Ressuscitou dentre os mortos; e assim o último erro será pior do que o primeiro.
E disse-lhes Pilatos: Tendes a guarda; ide, guardai-o como entenderdes.
E, indo eles, seguraram o sepulcro com a guarda, selando a pedra.
(Mateus 27:62-66) O povo é perigoso. É preciso garantir que esteja morto mesmo, pois a sua força é capaz de fazer ressuscitar: a luta, a consciência, a justiça. Estejamos atentos, porque, de fato, querem fazer crer que está morto. Inventam mentiras, armam esquemas, caluniam.

E, quando iam, eis que alguns da guarda, chegando à cidade, anunciaram aos príncipes dos sacer…

Deus está no meio deles e delas - Algumas coisas que tenho visto e aprendido com o Movimento #naruasoleo e a ação #ocupapraca

Imagem
Acabo de chegar da praça em frente à Câmara de Vereadores/as de São Leopoldo, ocupada por manifestantes desde sexta-feira, dia 05 de julho, depois de serem removidos/as com um mandado de reintegração de posse das dependências da Câmara ocupada no dia anterior. Havia um grupo debatendo questões relativas ao sistema de saúde pública, estudando e se preparando para a audiência pública proposta sobre a temática (ainda não aceita pela Câmara), pessoas preparando a comida, outras conversando sobre outros temas e questões (mais ou menos pessoais e/ou coletivas), outras preparando o ato previsto para amanhã (18 de julho, quinta-feira) às 18h – novo horário das sessões da Câmara, alterado por conta do rigoroso inverno gaúcho (?) no dia de ontem – Missa de Sétimo Dia da Democracia (https://www.facebook.com/events/148896308640654/). O ato marcará o sétimo dia depois dos/as manifestantes terem sido impedidos/as de entrar na Câmara sob a alegação de que teriam sido distribuídas senhas que nunca fo…

Vagabundo, baderneiro e criminoso – Quando a pimenta não é nos olhos dos outros

Imagem
Ele veio se aproximando, juntamente com outros policiais (não lembro se havia mulheres) e de repente o mundo só existia entre esse espaço – o meu olhar e o dele. Em seu olhar, por entre uma mistura de ódio e apatia, insinuava que eu devia sair daquele lugar, em frente ao portão de acesso lateral da Câmara de Vereadores/as de São Leopoldo, de braço dado com outras companheiras mais ou menos experientes na via da desobediência civil pacífica, senão... Movimentos pra cá e pra lá, as pessoas paradas na frente iam sendo removidas, empurradas, abrindo caminho até que só restávamos nós. Gente atrás do portão puxava e empurrava e ele(s) iam se aproximando até ficar à distância de um palmo. Olho no olho. Eles tinham capacetes, coletes, escudos. E de onde não se podia ver, em algum lugar entre o meu olhar e o dele, um jato diabólico que levou apenas alguns segundos para mudar a minha perspectiva sobre o que estava acontecendo, sobre as minhas possibilidades de ação e sobre o mundo. Fechei os ol…

As instituições passam - as lutas continuam! Comunicado de encerramento das atividades da ONG ASPA – Apoio, Solidariedade e Prevenção à AIDS

Imagem
As instituições passam - as lutas continuam! Comunicado de encerramento das atividades da ONG ASPA – Apoio, Solidariedade e Prevenção à AIDS No dia 06 de julho de 2013, no Espaço Diversidade da Faculdades EST, um pequeno grupo de associados/as, amigos/as e voluntários/as da Organização Não-Governamental (ONG) Apoio, Solidariedade e Prevenção à AIDS (ASPA), em Assembleia, decidiram pelo encerramento definitivo de todas as atividades e extinção jurídica dessa organização. As decisões e encaminhamentos para que essa decisão seja efetivada constarão na Ata que será lavrada e registrada em Cartório. Enquanto associados/as, amigos/as e voluntários/as, no entanto, consideramos importante emitir esse comunicado tanto para tornar pública essa decisão, quanto para refletir brevemente sobre a história do ASPA, as circunstâncias que levam ao seu fechamento e o significado dessa decisão para nós e para o enfrentamento da AIDS nos diversos espaços em que a organização atuou durante sua existência. Pel…